Buscar
  • nstech

Qual é o certo? Através ou por meio de? E o que realmente importa pra nstech...




Apesar de achar que escrevo até que razoavelmente bem, tenho um amigo metido a professor Pasquale que, assim que publico algo, sempre me manda uma mensagem - “sem querer ser chato, acho que você cometeu uma gafe...”

Então, antes que ele me corrija, deixa eu explicar esse erro intencional. Quando estávamos definindo o nosso propósito veio a dúvida. O certo seria melhorar o mundo através da logística ou por meio de? Para mim, a sonoridade de “através” soava muito melhor, mas ao dar um google logo me decidi. Apesar de errado gramaticalmente, nosso propósito ficou: Melhorar o mundo através da logística!


Segundo nosso mestre Google, a locução “através de” possui significado ligado a movimento físico, porque indica a ideia de atravessar. A locução “por meio de” significa “por intermédio de” e está relacionada à ideia de instrumento, instrumento esse utilizado na execução de determinada ação (cópia literal).


E então, por que ficamos com o através? Por vários motivos. Primeiro porque nós na nstech achamos que a forma é tão importante quando o conteúdo, e nesse caso a sonoridade era muito melhor. Acreditamos que não adianta você falar a coisa certa da forma errada. Queremos ser felizes, não ter a razão. Valorizamos as relações, passamos a maior parte do nosso dia trabalhando e se a jornada não for prazerosa, de nada valeu chegar no destino. E beleza importa. Como diz um sócio meu, custa o mesmo valor fazer bonito ou feio, então por que não optar pelo belo?


O segundo ponto tem a ver com o movimento físico. O dia que inventarem o teletransporte nosso negócio acabou. Será mesmo? Ou quem sabe nosso ecossistema é que vai fazê-lo acontecer no futuro! Enquanto esse futuro não chega, bilhões de itens precisam ser transportados todos os anos, alguns inúmeras vezes até o seu destino final. E nossa visão é que a nossa tecnologia, de alguma forma, esteja por trás de 100% das entregas rodoviárias da América Latina. Onde tiver uma carga ou passageiro sendo transportado por rodas, nós estaremos ajudando nossos clientes a vender mais de maneira mais rentável.


Por último, mas não menos importante, vem a ideia do atravessar. Não é à toa que usamos o termo cadeia de supply chain. Para que nós tenhamos mais impacto no todo, ajudando de fato o mundo com menos emissão de CO2, acidentes e roubos, precisamos ir além dos silos e trabalhar com mais coordenação entre os elos da cadeia. Não basta otimizar as partes. Um jogo de perde/ganha não é sustentável. Temos que conseguir unir os vários participantes para efetivamente colaborarem entre si. Acreditamos que nossa plataforma tem essa função de atravessar as barreiras, muitas imaginárias e irreais. Mesmo sabendo que não será fácil, o ganha/ganha/ganha é na nossa visão o único caminho. Para a embarcador ganhar a transportadora não precisa perder. E se os dois ganham juntos, o mundo também ganha. É para isso que trabalhamos 365 dias por ano, 24 horas por dia, potencializando a vida dos nossos clientes, não competindo com eles.


E para finalizar, como esse texto não passou por um revisor e tenho que ir fazer meu esporte diário, imagino que meu amigo ainda vai falar que algum erro de português foi cometido. Não tem problema, só não erra quem não faz, e feito é melhor que perfeito. Na nstech nós fazemos muito, e erramos muito também. Mas somos humildes e rápidos em corrigir os erros. Afinal, para quase tudo dá para voltar atrás e editar. Então, se pegar algum erro, manda mensagem no privado que ajustamos. Esse é o poder do mundo moderno com ecossistemas e alta tecnologia. Várias cabeças pensam melhor que uma, e vamos ajustando as coisas na estrada.


Um abraço,

Vasco Carvalho Oliveira Neto



477 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo